Sarah Lima

Atualizado: 2 de mai.

Vote na Sarah Lima

Premiação Melhor do Brasil na Europa 2022


Filha de empreendedores, mistura de paulista, carioca e um toque mineiro, crescida no meio da engenharia, comunicação e eventos.

Aos 8 anos, escapava dos pais para vender na feira do bairro, esculturas de gesso que fazia nas aulas de arte e os geladinhos de suco Tang que preparava, como fazia bolos para o pai, ganhou sua primeira batedeira Walita.

Na adolescência se rebelava com a mãe porque queria trabalhar, criou o grupo Fuzuê Artístico, trocando correspondências entre centenas de adolescentes em todo Brasil, quando ainda não existia e-mail, se engajou em causas sociais da Associação CAPI, liderando grupos infantis de teatro, dança e carnaval.

Cursando turismo na Anhembi-Morumbi, consegue trabalhar e já no primeiro estágio organizava casamentos e feiras empresariais, sendo convidada para se associar à empresa, o que parecia louco era apenas um sinal.

Durante os anos de faculdade e do MBA em Marketing trabalhou em algumas agências de publicidade e eventos, foi porta voz da comunicação de muitos clientes, organizou eventos para grandes empresas como Nike, Nestlé, Danone, etc.

Em 2008, inaugura Sarabelga, uma loja conceito de peças únicas feitas por estudantes de moda e jovens artesãos, reunindo mais de 200 marcas.

Nos confrontos da vida, em 2009, seu marido é expatriado para Alemanha, mas finalmente se instalam em Paris. Seu visto não permitia trabalhar assalariado, a vontade de ser produtiva não se calava. Na época, ser empregada em uma empresa não podia, mas ser a fundadora dela era possível.

Em junho 2012, durante um almoço, a insistência de amigos faz surgir uma nova pessoa, cozinheira de mão cheia, profissional com anos de experiência organizando casamentos e eventos, empreendedora cheia de energia, brasileira orgulhosa de seu país, pronta para ajudar quem precisar.

“Minha ideia era transmitir a culinária brasileira para crianças através da criatividade delas e explorar o universo dos brigadeiros, mas bastou simplesmente saberem que eu estava com o pé na cozinha para me colocarem com a barriga no fogão”.

Em menos de um mês, os cursos de cozinha se transformaram em encomendas intermináveis de feijoada e outros pratos típicos, entrando na história do serviço de catering brasileiro na França.

Em setembro 2012, a RATP, maior organismo de transporte francês, lançou o concurso La Grande Cuisine Pour Tous, onde grandes chefs de cozinha avaliaram a melhor criação de receita. Sendo uma das três selecionadas, fez milhares de usuários do metro de Paris experimentarem seu Bolinho Vulcano (maçã com baba de moça e canela). A mídia foi forte, muitas revistas publicaram sobre culinária brasileira e o trabalho dessa jovem catering brasileira.

Em novembro 2012, uma parceria com Groupon oferecendo banquetes de festas, vende para mais de 500 clientes, começando então a realização de muitos buffets de casamentos.

Após anos fazendo grandes eventos em um apartamento de 45m2, em 2018 inaugura um atelier de cozinha aliando culinária e cultura brasileira, criando e se tornando em 2019, presidente da Associação Abraço. Hoje, já são mais de 20 mil pessoas que descobriram ou relembraram a boa comidinha e a cultura brasileira.


711 visualizações55 comentários