Margareth Lunna

Atualizado: 2 de mai.

Vote na Margareth Lunna

Premiação Melhor do Brasil na Europa


Margareth Silva Kalile Passos passou a ser Margareth Lunna artista Brasileira Consagrada por suas Obras e trabalhos, natural de Feira de Santana/Bahia nascida em 01/08/1963, viveu em um ambiente campesino onde a natureza e o povo Indígena proporcionou inspiração mantendo a essência da criança, deixando o mundo artístico mais leve e colorido tornando-se uma Artista Plástica Autodidata, primitivista seguindo seu extinto pela arte e com suas pinceladas soltas fazem uma atmosfera aos olhos de quem ver e vai ganhado força e estilo, divulgando a arte inserida em um contexto temático indigenista num mundo Lúdico Bucólico, retratando um mundo de paz, harmonia e em cada tela detalhes únicos, seduzida pela história de vida, sua miscigenação, seu sangue indígena vibra puro amor pela natureza, essa energia na qual acredita na inteligência da cultura indígena da força e da fé, para eles os quatros cantos do universo é contemplar o máximo de prazer e o DNA da terra Brasilies que são os verdadeiros donos da terra e generosidade. A verdadeira civilização está na espiritualidade quando salvamos uma vida, salvamos o mundo inteiro. Consagrada como Compositora, Cantora solo clássica rapresentando-se no Teatros di Milano, Teatro Biscari e Teatro Municipal de Roma, Cantora vocalista da Banda Tomalira fez diversas apresentações e turnês e como cantora do Quartetto Jazz Stesicorea e como corista nas diversas obras liricas (Madama Butterfly, Medea, Romeu e Julieta, etc.) apresentadas em Piccolo Teatro de Milano. Suas Obras Tiveram uma repercussão grandiosa e foram reconhecida e estão em Exposição permanente em Sicilia da Polícia de Estado Reparto Mobile (Catania) em 2006 dedicada a Filippo Raciti. Foi premiada como artista plástica com seus quadros pelo Comune di Melilli Mostra Segni di Civilià em 2008 na cidade de Melilli. Congratulazion em 2009, Consulado La Embajada de España em Berna Celebraron la Fiesta Nacional na Suíça em 1997. Frieswil Suíça evento apoiado pelo Consulado Brasileiro com o tema Brincadeira de Criança em 1998, Representante do Brasil perlos 500 anos e premiada pela Paz do mundo com o seu quadro em Triennale di Milano em 2001. Possui um blog http://margarethlunnapinturas.blogspot.com.br e na internet podem ser vistos na plataforma digital diversos trabalhos artisiticos. Seu nome está presente em Renomadas Exposições de Obras de Artes no Brasil e no Exterior remetendo a todos a uma verdadeira experiência Lúdica homenageando ao Povo Indígena do Brasil.

Shopping Barra em Salvador Bahia com o tema Lembrança e Sonhos de Crianças em 1997, participação coletiva Expo Salvador Brasil pelos 500 anos Centro Cultural Dainnem São Felix Bahia Festival de Cultura Paletas do Pelô em 1999, comemoração aos quinhentos anos do Brasil representado na Italia em 2001 pelos quinhentos e um anos do Brasil desde a sua descoberta patrocinada pelo Ibrit Instituto Brasil Itália em colaboraçao com o Consulado do Brasil em Milano. Projeto Aldeia Bahia Instituto Nicolas Roerich em 2010 dias Mundial do Meio Ambiente, Revista Civilization patrocinado pelo Lappis Jornal dalla Sicilia. Galerie Zur Hofstatt Museu de Artes Moderna na Suíça em 1999.

Projeto Baianidade Nagô com Pintura em porcelanas “Progetto in Porcellana dipinta” dall em 2005 no Hotel Ionios na Sicilia e na Trattoria Valenziano Catania em 2006. Esposição no Templo Glauber Rocha no Aterro do Flamengo no Rio de Janeiro em 1997 e homenagens as crianças no interior da cidade da Bahia levando a arte nas escolas e Empresa de Mata de São João 2015, Dias D’Ávila camaçari.

Um Artista fiel às suas origens e a sua descendência Indigena, resgatando a verdadeira história através do amor a Arte.

4.538 visualizações414 comentários