Elly Poloni

Atualizado: 24 de mar.

Vote na Elly Poloni


Uma artista brasileira multiplural.

É representante da cultura do samba na Europa, modelo, atriz, miss, back vocal, representante da beleza brasileira em concursos internacionais.

A sua história com a dança começou muito cedo, aos doze anos no teatro da escola em Brasília, no Brasil. Na época, interpretou uma bailarina rockeira, mas foi assistindo a apresentação do carnaval na TV que tomou a decisão que um dia vestiria roupas de samba e dançaria como as bailarinas vistas naquela ocasião.

Trabalhou com Roger Furrer, manager e idealizador do Caliente, um grande festival latino. Quando conheceu Gery Niedere, produtor artístico e manager, o samba entrou definitivamente em sua vida, fazendo vários trabalhos com esse grande profissional.

Teve participação em vários grupos de samba na Europa, como: “Grupo de Samba Brasileira”, “Baila Brasil”, “Da Cor do Brasil”, “Samba Brasil” e “Magia do Samba”.

É representante da dança brasileira desde 1996 e Rainha do Intercâmbio Cultural Mais Brasil. Trabalhou com o guitarrista Carlos Santana, com a show woman Tina Turner e fez participação no show de Pavarotti.

Devido ao seu sucesso e repercussão como dançarina, teve a oportunidade de ser convidada para fazer publicidade, e por dois anos trabalhou para o Grand Casino da Suíça (Swiss Casinos) e dançou muitas vezes no Grand Casino de Monte Carlo. Ainda em publicidade, trabalhou para as redes de Supermercado Coop, Migross e para Tudo Aqui, que é um guia turístico de Zurique.

Dançou para a princesa Lea da Bélgica e para Helcius Pitanguy, filho de Ivo Pitanguy, em Gran Montana, nas montanhas suíças.

Fez shows na Europa com Neguinho da Beija-Flor, com a Banda Calipso e com o Terra Samba. Em Zurich, todos os anos participa do Caliente Festival Latino, um palco gigante com um público de mais de quatro mil pessoas.

Em 2012, desfilou no carro destaque da escola de samba G.R.E.S. Acadêmicos do Salgueiro. Em 2017, foi Musa do Carnaval pela escola de samba G.R.E.S. Unidos pelo Samba de Lausanne. Pelo Intercâmbio Cultural Mais Brasil, ainda em 2017, recebeu o título de Princesa da Corte da Suíça e, no ano seguinte, em 2018, recebeu o título de Rainha da Corte da Suíça, do qual ainda é titular.


Nesse mesmo ano, novamente recebeu o Troféu Destaque de Princesa da Corte da Suíça. Como modelo, foi capa de revistas importantes: Revista Light, Revista Brasil-Night, Revista Hochzeit, Revista Braut Rochzeit e fez várias publicidades para Mary's, uma famosa loja de vestidos para esposas.


Fez vários trabalhos para a grande estilista e artista plástica Suelli Bomfim. Há quatro anos participa da peça teatral Macbeth e atualmente está se preparando para uma nova montagem desta obra. Há oito anos participa da peça teatral Electra, e ainda, neste mesmo período, é integrante do Teatro Opernhaus Zurich.

É visagista, estudou na instituição de ensino Scuola Internazionale di Estetica Hunger Ricci. Com a sua multipluralidade, é imparável no aperfeiçoamento da sua arte como dançarina, uma artista comprometida, engajada com a cultura - folclore brasileiro e com o show business.


1.337 visualizações88 comentários